Multa por Ultrapassagem

Recurso de Multa – Multa por Ultrapassagem

Se você for pego fazendo ultrapassagem proibida no trânsito, terá de pagar uma multa de R$ 957,70. Se fizer uma ultrapassagem forçada, mesmo em local permitido, poderá ter uma multa de R$ 1.915,40. Neste último caso, se houver reincidência em menos de um ano, a multa pode chegar a R$ 3.830,80, com perda de 7 pontos na Carteira de Habilitação para cada multa por ultrapassagem.

Livre-se das suas multas por ultrapassagem clicando aqui!

Multa por Ultrapassagem

Os novos valores de multa por ultrapassagem proibida fazem parte das alterações do Código de Trânsito Brasileiro, regulamentadas em 2014, que já entraram em vigor, tendo o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito e evitar o crescente número de vítimas fatais nesses acidentes.

Se você foi notificado e percebeu alguma coisa errada na multa, poderá entrar com recurso de multa por ultrapassagem, evitando o prejuízo da multa e da perda de pontos. Veja, a seguir, dois modelos de recursos que podem ser usados:

Modelo de Recurso de Multa por Ultrapassagem 1

ILUSTRÍSSIMO SR. DIRETOR DA JUNTA ADMINISTRATIVA DE RECURSOS E INFRAÇÕES – JARI – DER/SP.

FABIO ARAÚJO DA SILVA, brasileiro, solteiro, empresário, inscrito no CPF nº xxx.xxx.xxx-xx, portador da CNH n° xxx.xxx.xxx, residente e domiciliado na Alameda xxxxx, n° xxx, Bairro, na cidade , tendo sido autuado por infração de trânsito, AIT n° 1G263309-2 , vem, através do presente Recurso, até Vossa Senhoria, apresentar sua defesa contra a autuação, nos termos a seguir expostos:

RAZÕES DE DEFESA E FUNDAMENTOS LEGAIS

Nesta oportunidade, o Recorrente, vem, dentro do prazo legal, interpor o presente recurso, pois a multa em questão foi feita injustamente, conforme os motivos que abaixo expõe e junta as respectivas provas de suas alegações.

A autuação, sem sombra de dúvidas foi lavrada por engano, eis que o “Km” mencionado pelo policial que a fez, conta com faixa adicional no sentido em que transitava o Autuado, como podemos observar nas fotos a seguir, Razão pela qual, não há motivos para que o mesmo ultrapassasse pela faixa contínua.

RECURSO DE MULTAS por ultrapassagem

Além de ter a opção de ultrapassar pela faixa adicional, o fato de avistar policiais militares na rodovia, inibiria completamente a vontade de, não só o autuado, mas qualquer condutor com capacidade média de discernimento, fazer ultrapassagem proibida.

(No recurso de multa por ultrapassagem você pode juntar algumas fotos do percurso e a cada foto uma explicação, isso serve para elucidar e dar visão do local ao julgador)

Sabemos que se trata de uma rodovia tranquila, com pouco transito, inclusive pelo horário mencionado, mais um motivo que aumentam as chances de ter se enganado o policial que autuou o Recorrente, que não contribuiu para o fato que lhe é imputado.

Ademais, o policial que procedeu com a autuação, não poderia ter condições seguras de visão quando da suposta infração, principalmente por estar longe e por se tratar de sinais de solo, sendo uma rodovia com muitas subidas e descidas.

A autuação feita contra o Autuado foi injusta, pois mesmo estando certo, foi autuado pelo policial.

O Autuado prova a alegação de sua razão através de fotos tiradas no local, justamente no Km citado, que mostram perfeitamente as faixas adicionais e o engano do policial.

DO PEDIDO

Assim sendo, comprovado através dos fatos narrados e das fotos o engano cometido pelo policial rodoviário na lavratura da autuação em tela e, com fundamento no Parágrafo único do art. 281, inciso I, do CTB, vem o Recorrente REQUER a V.Sa. que, encaminhado o presente RECURSO ao presidente da JARI respectiva, ao ser este apreciado por esse E. Órgão Julgador, seja a penalidade da multa em tela, cancelada e seu registro julgado insubsistente, tendo em vista a comprovação do engano do policial na autuação feita.

Termos em que, J. os documentos probatórios e os demais exigidos,

P. deferimento.

Datar, assinar e juntar cópias dos documentos e da notificação da multa.

Modelo de Recurso de Multa por Ultrapassagem 2

ILUSTRÍSSIMO SR. DIRETOR DA JUNTA ADMINISTRATIVA DE RECURSOS E INFRAÇÕES – JARI – DETRAN – SP.

ANTONIO JOSE DA SILVA, brasileiro, casado, portador da CNH nº 012.233.334, com RG nº 12.012.023 e inscrito no CPF sob nº 123.234.345-11, residente e domiciliado à Rua Azul Verde, 123 – bairro de Vila Sus – São Paulo-SP, tendo sido autuado por infração de trânsito, cujo AIT de nº 123.654.432, vem através do presente até V.Sa., para apresentar esta sua DEFESA contra a autuação nos termos VEJA O RECURSO COMPLETO

Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *